“Transtornado”, Bolsonaro tem medo de ser preso se perder eleição

2 de agosto de 2022 09:29

O discurso de ódio e a incitação desenfreada de apoiadores contra o sistema de votação estaria por trás do maior medo de Jair Bolsonaro (PL): ser preso, caso as projeções das pesquisas se confirmem, com vitória de Lula (PT) nas eleições de outubro.

Reportagem de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, que tem como fontes “políticos e autoridades que não integram o governo, mas que conversaram com ele nos últimos dias”, além de ministros e assessores do próprio governo – que falaram em condição de anonimato – diz que a dificuldade de se recuperar nas pesquisas tem deixado Bolsonaro inquieto e “transtornado”.

O transtorno seria justamente pelo medo de responder pelos crimes que tem cometido na Presidência da República e ser levado à cadeia após deixar o Planalto.

Os ministros teriam dito que o medo de Bolsonaro ser preso seria “mera constatação sobre uma suposta perseguição que ele poderia sofrer se perdesse o mandato”. 

“Você acha que eu não sei?”, teria dito Bolsonaro sobre possível ordem de prisão.

O presidente, no entanto, tem dito que não seria “ingênuo” como Lula, preso injustamente por 580 dias, e Michel Temer (MDB), que foi levado à cadeia por duas vezes, mas solto dias depois.

Por: Revista Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.