Relação entre Lula e Prates precisa de ajustes, mas presidente ainda não decidiu sobre afastamento

5 de abril de 2024 09:56

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não chegou a uma decisão definitiva sobre o afastamento do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates. No entanto, é evidente que a relação entre os dois precisa ser melhorada, segundo fontes próximas ao Palácio do Planalto.

Lula teria confidenciado a alguns interlocutores sua insatisfação com a postura de Prates, especialmente no que diz respeito à pressão exercida sobre ele. Auxiliares presidenciais afirmaram que o presidente da Petrobras precisa compreender que Lula não reage bem a ser pressionado.

Embora Prates tenha manifestado interesse em discutir sua permanência na empresa em uma audiência com Lula, a reação no governo não foi positiva. A assessoria de imprensa da Presidência negou que haja uma decisão definitiva sobre o afastamento e afirmou que não há previsão de reunião entre os dois.

Enquanto isso, Prates negou publicamente que deixaria o cargo, mas algumas fontes do PT confirmaram a tendência de Lula em afastá-lo. A relação entre os dois vem se deteriorando, principalmente devido a divergências sobre os investimentos da Petrobras.

Embora o nome de Aloizio Mercadante seja cogitado como possível substituto de Prates, ele afirmou estar satisfeito com sua posição atual no BNDES. Outros nomes também estão sendo considerados para a presidência da Petrobras, mas por enquanto, nada foi decidido.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Reprodução/Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *