Na CPI, “Capitã Cloroquina” mente que 2,4 mil estudos mostram eficácia da cloroquina contra covid

25 de maio de 2021 18:03

Nesta terça (25), na CPI da Covid, Mayra Pinheiro, a “Capitã Cloroquina”, afirmou que 2400 análises mostram que a cloroquina funciona contra covid-19.

A bolsonarista mente: existem mais de 2500 artigos sobre a droga e, na maioria deles, há um consenso de que o remédio não funciona contra o vírus.

Desde janeiro de 2020, estudos devidamente revisados e publicados mostram que não há a eficácia que defende Mayra Pinheiro, que chegou a encaminhar à prefeitura de Manaus um documento recomendando a cloroquina aos moradores da cidade.

Ela ainda alega que a decisão de receitar a cloroquina é em respeito à decisão do CFM (Conselho Federal de Medicina) de dar autonomia a médicos.

Tatiana Roque, Coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, critica a tese.

“Política de saúde pública não se baseiam em decisões individuais. É política de Estado, que deve se fundar em recomendações dos órgãos técnicos competentes, como a Anvisa”.

Ela afirma que o CFM é um “órgão corporativo da classe médica” e não deve tomar este tipo de decisão.

Fonte: DCM /  Foto: Reprodução/TV Senado

Tag: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *