Contra privatizações, entidades sindicais lançam campanha ‘Não Deixem Vender o Brasil’

25 de fevereiro de 2021 11:54

As entidades em defesa dos trabalhadores e das empresas estatais continuam atuantes contra a agenda privatista do Governo Federal. Nesta quarta-feira (24), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e filiadas, lançaram a campanha Não Deixem Vender o Brasil. O evento teve a participação do presidente da Associação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, e foi transmitido ao vivo pelo Facebook da Federação e da CUT.

“É uma campanha importantíssima, que vai esclarecer para a população a real intenção do governo em vender nosso patrimônio público. Empresas estratégicas para o nosso país como a Caixa, o Banco do Brasil, a Petrobras, Eletrobras e Correio estão na mira deste governo privatista, que visa atender aos interesses do mercado, prejudicando a população”, avalia Takemoto.

De acordo com a CUT, a campanha tem o objetivo de alertar a sociedade sobre os problemas que o Brasil enfrentará em cada setor, caso essas estatais sejam privatizadas. “E quando se fala nesses problemas, significa prejuízos para o povo brasileiro”, disse o secretário de Comunicação da CUT, Roni Barbosa. Além da mobilização nas redes sociais, peças publicitárias serão veiculadas em emissoras de televisão como SBT, Band, Globo; e rádio, como a Band News – em rede nacional.

Fonte: Fenae / Foto: Fenae

Tag: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *